sexta-feira, 14 de setembro de 2018

O Jornal na sala de aula

JORNAL PAULO FREIRE NEWS

O Professor de Língua portuguesa e jornalista Weliton Moreira, está desenvolvendo um belíssimo trabalho na Escola Municipal Professor Paulo Freire, localizada no bairro Belo Horizonte em Marabá. E já dá para perceber nitidamente que em todas estas atividades que ele está desenvolvendo tem como maior objetivo, despertar nos alunos do ensino fundamental, interesse pela leitura e pela escrita. Pois além das rodas de leitura e os seminários de socialização ele incentivou também a produção do “JORNAL PAULO FREIRE NEWS” que já está na segunda edição.
O professor utiliza um método simples, com as ferramentas da boa comunicação, clareza nas explanações em sala de aula e a experiência que trás da comunicação para o meio educacional. Por isso recebe o reconhecimento dos colegas e dos seus estimados alunos.
Parabéns para o Professor Weliton Moreira, e para os alunos da Equipe Editorial;
Lorena Sousa, 8º A,
Maria Eduarda, 8º A
Danilo Silva, 8º B, VALEU!!!


sábado, 4 de agosto de 2018

O valor da nossa água


          A água é um recurso único, essencial e indispensável  para a vida de todos os seres, e todo mundo sabe disso. Mas se é tão importante, por que muitos não se importam? Porque a água aparenta ser infinita, porém está passível de escassear, graças a falta de conscientização e a cultura de desperdícios ainda tão fortes no meio social de todos.
      O ser humano usa a água de forma irracional, desencadeando a escassez dela, muitas vezes sem estar conscientizado sobre o ato que faz.
        O Brasil, embora possua as maiores reservas de água por unidade territorial do planeta, tem seus períodos de escassez de água, e existem fatores geográficos, políticos e climáticos ligados à esse problema. Por isso precisamos nos conscientizar que essa ''fartura momentânea de água'' não é eterna, e temos que fazer algo para preservá-la ao máximo. A conscientização da coletividade é a forma mais eficaz de preservação, porque a partir do momento em que as pessoas percebem o valor real da água nas suas s vidas, passam a se preocupar mais com a preservação dela.
       Para termos nossa qualidade de vida de hoje e a das nossas futuras gerações, é preciso; recuperar os rios poluídos, incentivar a educação ambiental e o uso consciente da água, preservar os cursos de água e proteger os mananciais.
Preservar a água e usá-la de forma sustentável deve ser a grande preocupação de uma sociedade responsável que se preocupa com o bem estar das pessoas do seu país.

Aluna: Emanuelly Ribeiro de Souza Silva - 7
Atenciosamente

terça-feira, 27 de março de 2018

Propostas de alguns de nossos candidatos a vereadores mirins


         KALLIL 

ATITUDE PRA MUDAR!!!

Uma coisa marcou todos os homens que mudaram sua historia ou a historia da humanidade.
ATITUDE.
Jesus Cristo, Einstein, Mandela foram homens de atitude e mudaram a historia do mundo para que pudéssemos estar aqui agora.
Assim:
Duas palavras definem meu compromisso e minhas propostas como vereador mirim: ATIDUDE E MUDANÇA

Projetos e propostas:
A)   PROJETO ESCOLA DE ATITUDE:
A Escola Publica depende poder publico para tudo, e muitas vezes falta recurso para o básico. O resultante desta equação, é que a maioria das escolas padecem de investimentos, o que estou propondo é uma mudança total de ATITUDE, que o Município arque os necessidades, mais que a comunidade seja envolvida nas questões básicas:
PROPOSTAS:
1)    Envolvimento da comunidade escolar como um todo nas reformas básicas e na humanização do espaço através de mutirões para as reformas básicas como por exemplo: Arborização da Escola e pintura do muro, das salas de aula, dos banheiros etc;
2)    Acrescentar no currículo escolar disciplinas praticas como por exemplo agricultura e meio ambiente, estas disciplinas apoiariam por exemplo a manutenção de hortas escolares,  dos tratos culturais do jardim e dos canteiros escolares, da própria arborização das escola;
3)    Que sejam criados comitês de gestão com a participação de nossos pais;
4)    Inclusão de Oficinas de arte e educação para a cidadania;
5)    Eleições democráticas para a direção das escolas;
6)    A inclusão de disciplinas voltadas para a área de informática e sociedade.

B)    PROJETO DO FORUM MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO COM ATITUDE:
Implementar aa realização do FORUM MUNICIPAL DAS ESCOLAS COM ATITUDE, com o intuito de apresentar projetos, praticas e difundir informações geradas pelas experiências  no PROJETO ESCOLA DE ATITUDE;

C)    PROJETO EDUCAÇÃO E SAUDE:
Através da parceria entre a secretaria de educação e a Secretaria de Saúde do município. Promover nas escolas da rede publica ciclos de palestras sobre boas praticas em saúde, sobre as doenças mais comuns nos bairros do entorno das escolas e possibilitar exames corriqueiros e orientações.
1)    Ciclo de palestras, voltados para os alunos do ensino fundamental;
2)    Realização de consultas na própria escola;
3)    Realização de exames mais corriqueiros, tipagem sanguínea, colesterol, triglicérides, verminoses etc.

D)   PROJETO MEIO AMBIENTE É SUA TAREFA DE CASA:

Apoiar o desenvolvimento de boas práticas ambientais voltados para a manutenção de um meio ambiente, saudável e equilibrado tanto na escola quanto no ambiente familiar.

1)    Realização de oficinas sobre meio ambiente, reciclagem, boas praticas e higiene etc;
2)    Realização de palestras sobre os diversos temas do meio ambiente: Recursos Hidricos, Clima, Solo, Poluição etc.
3)    Oficinas de reciclagem;
4)    Mutirões de coleta seletiva de resíduos sólidos;
5)    Realização de gincanas ambientais etc.
 ─━━━======━━━⊱❉⊰━━━━━======━─
    
Olá, Sou a Sara, tenho 15 e estudo o 9º ano. Aos  10 anos me mudei aqui pra marabá juntamente com meus pais, quando chegamos aqui eu comecei a estudar na escola Francisco de Souza Ramos, no ano seguinte fui estudar na escola Geraldo Mendes De Castro Veloso, lá estudei 4 anos, saí de lá porquê fui expulsa. Sim! Eu fui expulsa por reprovar duas vezes no 8 ano, eu realmente não queria nada da vida. Quando saí de lá fui pro Paulo Freire,a escola que eu sempre recriminei, falava mal do ensino, mas na realidade eu não sabia de nada que se passava lá. Passando alguns meses estudando lá eu passei a perceber que a escola é ótima e tem ótimos professores. Não vi nada de ruim no Paulo Freire e nem sei porque falam tão mal desta escola pois me sinto muito bem acolhida e hoje me tornei vereador

           Você deve está se perguntando: por que a Sara se candidatou?
  
     Bem, eu me candidatei pelo fato do projeto ser uma ótima oportunidade da escola se aproximar dos vereadores e também dos vereadores se aproximar mais da escola e como consequência melhoras nossa escola e também o nosso bairro.  VAMOS ÀS PROPOSTAS:
                                  HORTA NA ESCOLA
Como todos sabemos nossa escola tinha uma horta que pelo motivo que desconheço ela se acabou, no meu projeto desejo renová-la, com a ajuda de vocês é claro. COMO EU VOU CONSEGUIR FAZER ISSO? Pretendo conversar com todos os alunos para cada um trazer uma semente de diferentes tipos e plantaríamos na nossa pequena horta. Obrigada e conto com Seu.
        ─━━━======━━━⊱❉⊰━━━━━======━─



OLÁ, SOU A EDUARDA GABRIELE BRITO CUNHA

E tenho 13 anos. O meu único objetivo de vida é ter um futuro melhor. Estou aprendendo muito com a família e com com os professores que são exemplares que na vida o mais importante é o amor pelo próximo por isso quero fazer a diferença contribuindo nesta comunidade escolar. 
    


      ─━━━======━━━⊱❉⊰━━━━━======━─


JULIANE SUANNY PEREIRA SALES

Sou Juliane tenho 13 anos estou no 9º ano e quero ser médica pedriatrica   gosto de dançar e praticar esportes e penso numa escola inclusiva e com muitas prática esportivas.

    



      ─━━━======━━━⊱❉⊰━━━━━======━─

Olá, Eu sou a Lorena Morais do Espírito Santo, estudo na escola Paulo Freire, faço o 8º ano “A”. E sou uma das candidatas ao Vereador Mirim. As minhas propostas são sobre acessibilidade que é tornar a escola acessível a todos, sem discriminação e contemplando as pessoas com deficiência.
    Meu foco é garantir adaptações de acessibilidade para cadeirantes nas escolas municipais e em todas as vias públicas de Marabá.
    Precisamos de:
- Rampas em algumas salas na escola e nas ruas;
- Barras de apoio e
- Vagas para deficientes.
    Conto com o voto de vocês!
Obrigado!
  ─━━━======━━━⊱❉⊰━━━━━======━─
Obs. Não recebemos as propostas de todos os candidatos, mas à medida que recebermos faremos as postagens.

sexta-feira, 23 de março de 2018

Projeto Câmara Mirim

O projeto “Câmara Mirim” segue a todo vapor na Escola Professor Paulo Freire. Após os alunos participarem da reunião que aconteceu na manhã do dia 20 de março na Câmara Municipal de Marabá com o advogado Rodrigo Albuquerque Botelho Da Costa.Delegado da ESA - Escola Superior de Advocacia do Estado do Pará, os candidatos a vereadores mirins ficaram bastante empolgados com os conhecimentos que adquiriram, pois agora eles sabem o que pode ou não fazer durante a Campanha sem tomar prejuízos. E assim muitos já começaram suas campanhas com a intenção de conquistar seus colegas de escola. E é bom que se diga que, muitos deles estão com as propostas prontinhas e pretendem intensificar a campanha o máximo possível na próxima semana entre os dias 26/03 à 29/01 uma vez que a eleição será dia 03 de abril e todos estão cientes que para vencer esta batalha o candidato precisa ser carismático desinibido e apresentar uma boa propostas. 
Vejam alguns dos nossos candidatos.













Obs. Os candidatos que não apareceram aqui é porque faltaram nas atividades de campanha.

sábado, 3 de março de 2018

Semana pedagógica

Foto: Carmenzenilda
Veja as nossas fotos

Semana de Planejamento da Equipe  Docente e demais servidores da Escola Paulo Freire


Participantes: Todos os profissionais da escola
Data do Encontro: 26/02/2018 à 02/03/2018
Local: EMEF Profª Paulo Freire   
Horário: 8h  às 12h e das 14h  às 18h  
Nº de participantes: professores e demais servidores.
                                Formadores:  Equipe gestora .

FORMAÇÃO CONTINUADA  NO AMBIENTE DE TRABALHO

                    “ Afetividade, Protagonismo e Confiança da Equipe Escolar.

Lema: Saber lidar com as emoções no ambiente escolar é imprescindível, pois o aluno é ser individual pensante que constrói o seu mundo, espaço, conhecimento com sua afetividade. E com todos os outros sentidos de percepção, expressão, crítica e imaginação.
                                                                                                                                 Fernando Gluszczak

Objetivos do encontro:

v  Discutir afetividade, protagonismo e confiança da equipe escolar.
v  Fazer uma autoavaliação da Unidade Escolar no contexto de aprendizagem a que a mesma  se encontra a partir das questões norteadoras: quem são os responsáveis pela e/ou triste produção deste cennario? O que é possível fazer/(re)fazer? Onde está o problema da aprendizagem dos alunos desta Unidade Escolar?
v  (Re)elaborar Plano de Intervenção, com metas e prazos definidos, para elevação e fortalecimento da aprendizagem escolar.
v  Discutir o regimento escolar da escola.
v  Re(definir) os procedimentos e critérios da avaliação da aprendizagem escolar: distribuição de pontos no decorrer do bimestre e para o instrumento avaliativo com data e hora agendadas pela unidade escolar; tipos de questões (objetivas e subjetivas); tipos de instrumentos avaliativos, etc,
v  Informar sobre o preenchimento das Fichas de Acompanhamrnto para alunos com dificuldades (comprovada pelo diagnostico).
v  Possibilitar que os alunos “especiais” dependendo da deficiência, realizem as avaliações bimestrais na biblioteca.
v  Definir calendário de avaliação a cada bimestre.
v  Informar, por meio de comunicado oficial, aos pais e alunos, com no mínimo uma semana de antercedência ao início das avaliações bimestrais os conteúdos que serão avaliados em cada disciplina e o períodos e horários de cada avaliação e colocar no painel da escola os conteúdos  e horário das avaliações.
v  Discutir o papel da escola enquanto um dos agentes responsáveis pelo respeito à diversidade no contexto escolar, bem como promotora de inclusão social;
v  Colocar em discussão o direito à Educação Básica de qualidade e sua correlação com as práticas vivenciadas no ambiente escolar, garantindo a equidade;
v   Seminário de  boas praticas, deverá ser apresentado nas Hp,s  pelos  professor em regência de classe ou pessoal de espaços pedagógicos que desenvolveram projetos de relevância e destaque no ambiente escolar. Esse seminário deverá ser apresentado por meio de painéis e outros recursos.
A discussão sobre a temática “Seminario de Boas Praticas” deverá considerar os seguintes aspectos:
A Prática;
Os Desafios ;
Os Aprendizados;
v   Discutir a BNCC(Base Nacional Comum Curricular) para adequação do plano de curso.
v  Colocar em discussão as diferentes modalidade de avaliação para fundamentar as práticas pedagógicas da escola.

Objetivos de aprendizagem:
v  Ampliar compreensão sobre os aspectos que compõem o fazer pedagógico na garantia dos direitos à aprendizagem e sua efetiva realização no espaço escolar;
v  Compreender os resultados apresentados pela escola como instrumentos de avaliação da aprendizagem e do ensino;
v  Sensibilizar a escola e seus sujeitos, acerca da importância de olhar de perto a complexidade de seus dados de aprendizagem para dar sentido ao fazer educativo na unidade de ensino;
v  Possibilitar a compreensão dos instrumentos que revelam a partir da atuação da escola, do professor, através das avaliações, do acolhimento, da metodologia do trabalho desenvolvido a concepção que a escola pratica no seu cotidiano.
v  Replanejar as atividades pedagógicas e projetos a partir de análise dos dados de aprendizagem com foco na melhoria do desempenho dos estudantes da escola.



Conteúdos: 
v  Discussão do Regimento Escolar.                      
v  Base  Nacional Comum Curricular BNCC;
v  Matrizes Curriculares da Prova Brasil. 
v  Os Doze Direitos de Aprendizagem.
v  Indicadores de aprendizagem (Diagnósticos, Mapas de desempenho, Estatísticas, IDEB e Registros de Desenvolvimento da Aprendizagem);
v  Analise dos instrumentos avaliativos da escola como: diagnósticos, estatísticas final das turmas, gráficos da distorção idade/série e reprovação e aprovação e relatório final da turma.
v  Elaboração do plano de ação e plano de curso.
Textos
                * Vídeos: música,  Mário Sérgio Cortela e Luckesi
    * Proposta curricular – página : modalidade de avaliação
    * Guia Prático da BNCC.  
     * Capítulos da BNCC por ano.
     * Direitos de Aprendizagem.
Recursos.
Tabela do IDEB,  Resultado e diagnostico final de 2017 e inicial 2018 1º bimestre;
Data show, cabo P2, extensão e Notebook;
Xérox dos materiais a serem utilizados.

Roteiro de trabalho  1º dia -  26-02-2018
08hs: Acolhida ao grupo  pela Equipe Gestora.
Agradecimentos  a Deus com Oraçao  “Pai Nosso.”
Apresentação da equipe.
08h:30min  Leitura e socialização da pauta do encontro.
08:50 min Os acordo para 2018
09:hs Momento literário – Vídeo “Enquanto houver sol” Titãs
Estratégia: Breve comentário sobre o vídeo: música;  após exibição do vídeo  garantir um pouco de tempo para manifestações acerca das impressões sobre o vídeo.
 INFORMES: Reunião de Pais, Programa (Câmara Mirim), Recursos financeiro PDDE, + EDUCAÇAO, Preenchimento das Ficha de Acompanhamento dos alunos com “Necessidade Especiais”, Acompanhamento dos professores pelo Coordenador pedagógico, Ficha de Acompanhamento dos alunos pela Orientadora Educacional, Cronograma de atendimento do laboratório e sala de leitura Organização dos livros didáticos, kits dos professores,...
10h às 10:15 INTERVALO
10hs:15 as 12hs-
Apresentação do Projeto (Câmara Mirim), com a Profª Gabriela representando a Câmara Municipal de Marabá.
  TARDE
14hs – Momento literário – música (Almir Sater -Ando devagar ) –
 Apresentação do vídeo de Mário Sérgio cortella – entrevista à  Nova Escola
Chuva de idéias a cerca do tema: Afetividade a partir das consignias etc: Como você  ver a afetividade no processo  ensino-apredizagem
14:20min- às 16hs Leitura compartilhada das modalidades de avaliação.
 Destacar as seguintes questões: (01) De acordo com a leitura sobre as  de avaliação , qual delas contempla a  proposta da escola?
 (02) A partir da leitura o que precisa ser reconsiderado na prática da escola para a garantia dos direitos de aprendizagem e uma educação de qualidade para os alunos?
16h às 16:15 INTERVALO
16:15min às 18:hs - Análise do rendimento de aprendizagem escolar: (IDEB, OBMEP, SisPAE )-Gráficos e estatiticas.
Fazer uma autoavaliação da escola do contexto de aprendizagem a que a mesma se encontra a partir das consignas a seguir:
Ø  O que os instrumentos avaliativos nos revelam?
Ø  Sabemos que a família muitas vezes é ausente na escola e busca transferir sua responsabilidade somente para a escola. Em vista disso de quem é a culpa pelo fracasso escolar do aluno?
Ø  Quem são os responsáveis pela feliz e/ou triste produção deste cenário? O que é possível fazer/(re) fazer? Onde está o problema da aprendizagem dos alunos da Escola Paulo Freire? 
O que podemos fazer para melhorar o processo ensino-aprendizagem na Escola Paulo Freire?
Ø  Discussão  dos critérios de avaliação contido no Projeto Politico Pedagógico da escola.
Re(definir) os procedimentos e critérios da avaliação da aprendizagem escolar: distribuição de pontos no decorrer do bimestre para as adequações dos novos critérios de acordo com a proposta.
   Dividir os participantes por grupo para definir os critérios avaliativos, entregue por escrito a equipe.
  Socialização dos critérios

       Roteiro de trabalho  2º dia -  27-02-2018  Terça –feira

08:hs  Acolhida
Momento literério – música Companheiro ( Maria Eugênia). Após uma atividade de relaxamento com profº Fábio.
08:30min às 12hs
Ø  Leitura discussão do Regimento Escolar.
Ø  Escolha dos professores representantes das turmas.

TARDE
14:hs às 18:00min  
Momento literário Musica Lulu Santos ( nada do que foi será)
Ø  Trazer a experiência da professora Andreia como mostra dos seminários que será apresentado no decorrer do ano.
Ø   Elaboração do Plano de Ação para o Ano letivo 2018 com metas e ações com prazos definidos para elevação e fortalecimento da aprendizagem escolar e que esteja em consonância com o Projeto Político Pedagogico da escola.
   
3º dia-  28-02-2018 – quarta-feira
Manhã
08:h Momento literário
08:hs- A Educação Especial no Contexto da Escola Paulo Freire com o apoio de um profissional da Educação Especial (SEMED). Profª Josy
 10h às 10:15min INTERVALO
Continuação da pauta sobre Educação Especial com a Profª Josy
Tarde:
14:hs- Momento literário
Organização das equipes para a (re)elaboração do Plano de Curso e Planejamento com bases no que foi discutido durante o encontro.
16h às 16:15min INTERVALO
 Apresentação do tema: Base Nacional Curricular Comum
  Guia Prático da BNCC ( LDB 9394/96) e os Direitos de Aprendizagem dos Alunos.( DOZE DIREITOS) 
 : Encaminhamento: Organizar os grupo de professores por disciplina  e entregar material da BNCC para cada grupo alinhar o plano de curso, considerando as avaliações externas como: SisPAE,  Prova Brasil, OBMEP.
Formar grupos por disciplina.

4º e 5º dia – 01 e 02-03-2018
Ø  (re)elaboração do Plano de Curso e Planejamento
Ø  Elaboração do Plano de Ação Escolar.
Ø  Socialização dos trabalhos realizados: Apresentação do Plano de Ação, Plano de curso, ficha de observação do professor e acompanhamento do aluno, preenchimento das fichas dos alunos com “necessidades especiais” cronograma da biblioteca e laboratório de informática.
18:h –ENCERRAMENTO
Avaliação da Semana Pedagógica.

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Os melhores momentos de 2017

Dezembro
Professoras Andrea e Seane entrega brindes aos alunos 
que participaram do concurso de redação.

Premiação dos Professores destaque
Festa de confraternização dos funcionários 


Carmem e Nauderi
Lúcia e Débora 
Seane Zeliete

Charles e Joice
Zeliete, Euza e Silney
Professora Seane recebendo o Premio 2º lugar Corred.

Premiação do concurso de Blog. Categ. Escola Paulo Freire 1º lugar; Categ. Prof.  Lusinete 1º lugar; Categ. Aluno Mauricio 1º lugar; Categ. Aluno Emanuelle 2º lugar

Entrega do Projetor Multimídia para a diretora da Escola.



Festa de confraternização do Novo Mais Educação.
Noite Cultural

Fac, Conhecimento sobre Língua Portuguesa



Prof. Reisane  





Arranjos de Natal confeccionados pela professora Seane

Novembro
 Alunos destaque nas Olimpíadas de Matemática.


Novembro 
Equipe de Futsal 
Equipe Vice Campeão de Futsal 
Outubro 
Lusinete e Lúcia - Festa do professor - Promovida pela SEMED.
Comemoração do dia dos professores

Setembro
Sarau de Sesc
Professora Lucian

Setembro
Sessão de cinema - Shopping Pátio Marabá


Momento Cívico

Obrigada prof. Charles pela força! 

Olipaulf




Material arrecadado pela equipes. 


Frei Ernane Lusinete e o poeta Uchoa de Castro
Café da manhã no retorno das aulas


Junho



Maio
Revisão de Matemática para as  Olimpíadas de Matemática
Professor: Charles
 Gincana do ICEBIO Parabéns pelo segundo 
Passeio na Serra dos Carajás
Oficina de Cordel com alunos do 6º  ano "A". Professora Andrea.


Abril-dia “D” Ação Social com a família
Lanche da Páscoa 
Palestra sobre drogas e bullying
Dia "D" A Família na Escola




Março-dia internacional da Mulher


Palestra com a psicologa

Palestra de autoestima e sorteio de brinde para alunas do 6º.

Reunião com pais